quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O tempo inteiro, as altas da madrugada, sem parar
Por mais que eu tape os ouvidos escuto cada vez mais alto
Grita forte e dentro, estremece todos os meus ossos
Embaça meus olhos vermelhos
Pesa em minhas costas cansadas, dói em meus ombros
Me mata de medo, é estridente e forte... muito forte...
 
Vem!... vem  correndo meu bem
Aquieta essa vida, me dá teu colo, braço, corpo...
Me deixa descansar no teu mundo, tão calmo... Tão sereno...
Afaga meus cabelos, me põe pra dormir em seus sonhos macios

4 Elogie, critique, escrache...:

Anônimo disse...

Parabéns pelos lírios, por Maria Bethânea, por "Tudo de mim Muito de todos!, pela poesia!Lívia.

Bia Ferreira disse...

minha opinião já foi mais do que explicita...

Sylvio de Alencar. disse...

Quem não gostaria de um bem querer assim...

Abrçs.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

ah....o amor!

Postar um comentário

manda ver que eu vejo

 

Copyright 2010 Tudo de mim.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.